Mi sento come se fossi Leoed stamattina.

Leo verbo per ottenere qualcosa dopo anni di tentativi: “Mi sento come se fossi il Leone questa mattina; Alla fine ho superato il mio esame di guida. “
Fonte: http://blog.oxforddictionaries.com/2016/04/new-words-april-2016/

A proposito di que sono esse texto?

Nem eu sei direito porque estou escrevendo tudo isso.

Talvez seja uma prova para mim mesma que consigo escrever um texto. hehehe

Come sempre, questo è il caso di un momento importante per vivere e per me, come un vero toccasana (come vezes ainda parece que nada disso isá acontecendo).

Realidade essa que eu nunca imaginei passar. Imagina, abrir uma empresa? Que loucura!

Medos, inseguranças e angústias sempre fizeram parte da minha rotina. Desde criança esses sentimentos me acompanharam e me tornaram o que sou hoje. Uma pessoa totalmente insegura.

Per questo motivo, vi sentiamo come sentimentali e come conseguenza di ciò che è successo. Passa 10 anni fa tra gli agenti di propaganda (non è così semplice), visualizza 3 messaggi e saluti a bordo di un sentimento come un altro personaggio, per quanto riguarda il tempo presente e tutto il resto esiste forma melhor de viver a vida.

Era un momento di confusione dei sentimenti che mi ha fatto pensare. Per cui, di conseguenza, pensar era l’era di Teria Que passar o resto da minha vida fazendo aquilo ali. In altre parole, nel frattempo e nel caso in cui non ci fosse la famiglia e il podio correttore o il risco del tempo nel nostro progetto economico / indipendenza finanziaria … pensate che sia il momento giusto in cui vi trovate. , “Não tenho o dom pra fazer isso”, “eu sou ruim em tudo”. Eu me menosprezava e me colocava pra baixo, diariamente.

(ainda faço isso… só pra constar)

Essas questões foram resolvidas (e la sua diretta risoluzione risolutiva pelo resto da minha vida) con le procedure di terapia, la meditazione e l’essere umano sabatico. Tudo isso pra encontrar o meu “EU” . Parece clichê (se eu lesse alguém falando isso há algum tempo atrás eu diria que era “falta de laço” ou pensaria “essaí nunca lavou uma louça”), mas faz muito sentido tudo isso pra mim hoje.

Escrevendo esse texto ainda sinto várias angústias e medos, do tipo: “come si fa con il mio gostar do meu texto?”, “Che cosa stai facendo escrevendo certo?”, “Porque eu estou fazendo isso? Que bobagem! ”. L’acredito que esses pensamentos nunca vão sumir, diferença é que hoje eu já consigo, dà origine a un momento originale, assim, administrá-los melhor.

Autoconfiança.

Há alguns meses (eu diria 2 anos) que tenho feito o esercício de me immaginar em outras profissões, to is me praar pro so on the followiria trabalhar em outra coisa que não fosse com propaganda (afinal, a propaganda era vilã da história). Surgiram ideias como: ser florista, ser enóloga, ser fisioterapeuta. E colu o “ser” na fress dessas profissões, porque eu tinha in ilusão de que eu tinha construir algo pra mim, eu tinha que “ser” alguém.

Eu acreditava que na propaganda eu não era nada.

E foi com a mente quieta, a espinha eretra, coração tranquilo e alguns dias trabalhando na Compania (padaria and sanduicheria linda do meu amado Diego) que surgiu um insight:

“E se … eu delxasse de ser boba, parasse di sentir medo de fazer come coisas e abrisse uma empresa de communicção, com foco em gastronomia?”.

Questo è tutto ciò che è necessario per te. _ / \ _

Attendendo i clienti senza balconi, producendo un contesto per la società sociale e la costruzione di un piano di comunicazione da parte della Compania, eu me dei conti e do gosto of fazer propaganda, eu gosto de ser atendimento, e gosto de tudo que envolve comunicatoção. Eu me interesso, eu vou atrás e eu sou reconhecida pelas pessoas pelo que eu faço. ❤

Esse sentimento somado ao fato de eu estar acompanhando todo esse universo da gastronomia, vendo marcas, restaurantes, lojas, com muito potencial, porém, with uma comunção bem fraquinha. Fez surgir essa ideia.

Trabalhar na Compania foi fondamentale per esse insight surgir. Eu diria que foi o divisor de águas de quem eu sou hoje.

Muitas vezes a people é influenciado pelos sentimentos de amigos, que no meu case, boa parte deles, cultivam um ódio eterno pela propaganda e pelo trabalho feito dentro de agências of propaganda. Sei pronto per assim também né? Claro que não.

Eu descobri a minha identidade profissional e isso foi libertador.

E foi assim que surgiu a Põe Mais Sal.

Partiu ser empreendedora. 😀

Grazie Leo. 🙂